sexta-feira, 7 de junho de 2013

Museu da Cerveja convida lisboetas a celebrar o seu 1º aniversário

9 Junho 2013, 17h
Telf.: 210 987 656
info@museudacerveja.pt
www.museudacerveja.pt

O Museu da Cerveja, espaço de Cultura, Gastronomia e Cerveja, onde se celebra o património da cerveja dos Países de Língua Oficial Portuguesa, comemora no próximo dia 9 de junho de 2013 o seu 1º aniversário e convida todos os lisboetas a participarem nesta festa.
Agendada para as 17h00, a Festa de Aniversário do Museu da Cerveja decorre na Esplanada, onde uma travessa gigante de Arroz Doce fará as delícias dos mais gulosos. Todos os presentes poderão degustar esta iguaria doce acompanhando-a com um flute de cerveja Bohemia. Esta ligação, aparentemente inesperada, oferece na verdade uma experiência única, com as notas estruturadas e intensas da cerveja Bohemia a contrastar com o doce e a canela.
Para Pedro Dias, Diretor Geral do Museu da Cerveja, “esta iniciativa vem revelar o agradecimento público a todos os que nos visitaram e que no último ano contribuíram para que o Museu da Cerveja se tornasse num local de referência no Terreiro do Paço. Recentemente celebramos também o marco dos 25.000 visitantes só no Núcleo Museológico o que vem dar maior relevância a esta festa!”.
O Museu da Cerveja abriu a 9 de junho de 2012, aquando da Ala Nascente do Terreiro do Paço, e é composto por um Núcleo Museológico e um espaço de Cervejaria.
O Núcleo Museológico, situado no primeiro piso do Museu da Cerveja, celebra o património da cerveja dos Países de Língua Oficial Portuguesa, através do seu acervo histórico que promete dar a conhecer as raízes da cultura cervejeira nas suas mais variadas vertentes. O conhecimento e história são complementados com o Espaço de Cervejaria, que reconstitui o ambiente das antigas cervejarias e alia o melhor da cerveja à gastronomia lusófona.

Sobre o Museu da Cerveja:
O Museu da Cerveja, localizado no Nº 62 da Ala Nascente do Terreiro do Paço, no coração da Baixa Pombalina, é um espaço, de iniciativa privada, onde se celebra a Cultura, Gastronomia e Cerveja dos Países de Língua Oficial Portuguesa.
Aberto ao público a 9 de junho de 2012, o Museu da Cerveja é um espaço composto por um Núcleo Museológico e um espaço de Cervejaria.
O Núcleo Museológico, situado no primeiro piso do Museu da Cerveja, celebra o património da cerveja dos Países de Língua Oficial Portuguesa, através do seu acervo histórico que promete dar a conhecer as raízes da cultura cervejeira nas suas mais variadas vertentes. O conhecimento e história são complementados com o Espaço de Cervejaria, que reconstitui o ambiente das antigas cervejarias e alia o melhor da cerveja à gastronomia lusófona.
O Museu da Cerveja ao longo da sua ainda curta existência tem surpreendido a cidade de Lisboa com projetos únicos, onde se destaca a integração da obra de Arte Pública, painel em azulejo Contos Murais da autoria do conceituado pintor Júlio Pomar. A obra de Júlio Pomar, com mais de dez metros de comprimento, mostra a vitalidade de uma tradição secular, e exibe o legado português no mundo e o cruzamento das culturas lusófonas. A obra de arte pública está acessível à livre contemplação de todos os que visitam o Terreiro do Paço.
A destacar ainda o facto de que o Museu da Cerveja foi pioneiro ao colocar Portugal no mapa de países que celebram oficialmente o Dia Internacional da Cerveja, que se realiza no inicio de agosto.
O Museu da Cerveja tem a dimensão total de cerca de 1.279 m2, apresenta uma capacidade interior de 240 lugares sentados e possui uma ampla esplanada com 380 lugares, com vista privilegiada para o Tejo.
O Museu da Cerveja é também um projeto transnacional e para além de Lisboa, sua cidade berço, será implementado num futuro breve em Luanda, São Paulo e Maputo.

in Vai Passear

quinta-feira, 6 de junho de 2013

quarta-feira, 5 de junho de 2013

5 de Junho - Dia Mundial do Ambiente

Em 2013, o tema “Pensar.Comer.Conservar” convida à reflexão sobre a problemática do desperdício de comida e como esta pode passar a fazer parte das preocupações do nosso dia-a-dia

O Dia Mundial do Ambiente, celebrado todos os anos a 5 de junho, tem como objectivo alertar populações e governos para a necessidade de proteger o ambiente.
A efeméride teve início em 1972, tendo sido escolhido o dia 5 de Junho porque marca o início da Conferência das Nações Unidas sobre o Ambiente.
Todos os anos é apresentado pelo Programa das Nações Unidas para o Ambiente um tema transversal, sob o qual são desenvolvidas ações concretas.
Em 2013, o tema “Pensar.Comer.Conservar” convida à reflexão sobre a problemática do desperdício de comida e como esta pode passar a fazer parte das preocupações do nosso dia-a-dia.
É necessário avaliar os 1.3 biliões de toneladas de alimentos desperdiçados anualmente, que equivalem à mesma quantidade produzida em toda a África subsariana.

Semana do Ambiente - Iniciativas APA e parceiros

Dia do Ambiente - Iniciativas APA

in Agência Portuguesa do Ambiente

terça-feira, 4 de junho de 2013

Mês a mês: o que deve plantar na horta

O sucesso de uma boa horta também passa por plantar as frutas, ervas aromáticas, legumes e vegetais certos, nos momentos certos. Se tem dúvidas relativamente ao mês mais adequado para plantar o que quer que seja na sua horta, imprima esta check-list e mantenha-a sempre por perto. Depois, é só colher e saborear os frutos do seu trabalho!

Janeiro (Hemisfério Norte) | Julho (Hemisfério Sul)
O que deve plantar/semear na horta: alface, alhos, ervilhas, favas, rabanetes, repolho.

Fevereiro (Hemisfério Norte) |Agosto (Hemisfério Sul)
O que deve plantar/semear na horta: aipo branco, alcachofras, cebola, couves diversas, espargos, morangueiros, pimentos, tomate (na terra); melão, melancia, pepino (em vaso).

Março (Hemisfério Norte) | Setembro (Hemisfério Sul)
O que deve plantar/semear na horta: abóbora, alface, beterraba, cebola, cenoura, couves, ervilhas, espinafres, favas, feijão de trepar, lentilhas, melão, melancia, nabiças, nabos, pepino, rabanetes, salsa, tomate.

Abril (Hemisfério Norte) | Outubro (Hemisfério Sul)
O que deve plantar/semear na horta: abóbora, acelgas, agrião, alface, batatas, beterraba, brócolos, cenoura, chicória, coentros, cominhos, couves diversas, favas, feijão, melão, melancia, nabos, pimentos, rabanetes, salsa, tomilho, (na terra); cebola, pepino, tomate (em viveiro).

Maio (Hemisfério Norte) | Novembro (Hemisfério Sul)
O que deve plantar/semear na horta: abóbora, agrião, alface, beterraba, brócolos, cenoura, couves, espinafres, feijão, melão, melancia, nabos, pepino, pimentos, rabanetes, repolho.

Junho (Hemisfério Norte) | Dezembro (Hemisfério Sul)
O que deve plantar/semear na horta: abóbora, agrião, alface, beterraba, brócolos, cenoura, couves, espinafres, feijão, melão, melancia, nabos, pepino, pimentos, rabanetes, repolho.

Julho (Hemisfério Norte) | Janeiro (Hemisfério Sul)
O que deve plantar/semear na horta: agrião, alface, beldroegas, cenoura, couves-de-bruxelas, espinafres, feijão de trepar/anão, nabos, rabanetes, repolho, salsa.

Agosto (Hemisfério Norte) | Fevereiro (Hemisfério Sul)
O que deve plantar/semear na horta: agrião, alface, chicória, espinafres, feijão, salsa, rabanetes, repolho (na terra); beterraba, couves diversas, ervilhas, espinafres, feijão (em estufa).

Setembro (Hemisfério Norte) | Março (Hemisfério Sul)
O que deve plantar/semear na horta: agrião, aipo, alface, alho, cebola, cenoura, chicória, coentros, couves diversas, ervilhas, favas, feijão, morangos, nabos, rabanetes, repolho, salsa.

Outubro (Hemisfério Norte) | Abril (Hemisfério Sul)
O que deve plantar/semear na horta: agrião, alho, beterraba, cenoura, coentros, couves, ervilhas, espargos, espinafres, favas, lentilhas, morangos, nabos, rabanetes (na terra); alface, cebola, couves diversas (em vaso/estufa).

Novembro (Hemisfério Norte) | Maio (Hemisfério Sul)
O que deve plantar/semear na horta: alho, alface, aveia, batata, cebola, centeio, cevada, couves diversas, favas, morangos, tremoços, trigo.

Dezembro (Hemisfério Norte) | Junho (Hemisfério Sul)
O que deve plantar/semear na horta: macieiras, pereiras.

in O Meu Jardim

segunda-feira, 3 de junho de 2013

CP - Viagens mais baratas em fim-de-semana prolongado

Info e Vendas: 808 208 208
http://www.cp.pt


Fim-de-semana prolongado. Viagens mais baratas. Há promoções na CP, um desconto de 20 por cento, ida e volta nos Intercidades e nos Alfas Pendulares.
A CP decidiu fazer promoções no próximo fim-de-semana. Entre sexta-feira e segunda há viagens mais baratas.
A empresa até admite reforçar o número de carruagens e de comboios se a oferta inicial não responder à procura.
Se está a pensar sair de casa no próximo fim de semana, com o 10 de Junho à porta, que tal viajar de comboio? A CP vai fazer descontos de 20% nas viagens de ida e volta nos comboios Intercidades e Alfapendulares.
Estão disponíveis 65 mil lugares e Ana Portela, porta-voz da CP, diz que os bilhetes já podem ser comprados.
Estes comboios, que abrangem 60 destinos, 3.500 itinerários possíveis, podem até ser reforçados caso se verifique necessidade.

in TSF

domingo, 2 de junho de 2013

As fadas

As fadas... eu acredito nelas!
Umas são moças e belas,
Outras velhas de pasmar...
Umas vivem nos rochedos
Outras pelos arvoredos,
Outras, à beira do mar...

Umas têm mando nos ares;
Outras, na terra, nos mares;
E todas trazem na mão
Aquela vara formosa,
A vara maravilhosa,
A varinha de condão.

Quantas vezes, já deitado,
Mas sem sono, inda acordado,
Me ponho a considerar.
Que condão eu pediria,
Se uma fada, um belo dia,
Me quisesse a mim fadar...

Antero de Quental