segunda-feira, 10 de Novembro de 2008

As Castanhas

"Para quem queira dedicar-se a cozinhar castanhas à moda antiga, respeitando saberes comprovados e aprendendo a viver mais ao sabor da natureza, deixamos alguns truques e sugestões.

Como descascar e tirar a pele às castanhas
Faz-se um golpe em cada castanha e depois mergulham-se em água a ferver durante uns minutos. Retiram-se do lume e vão-se descascando uma a uma, à medida que se tiram de dentro da água quente; a pele interior é muito difícil de sair depois das castanhas estarem frias.

Como congelar castanhas
Para comer fora da época, a melhor maneira de conservar castanhas é congelá-las. Depois de se tirar a casca e a pele escaldam-se durante um minuto com água a ferver. Passam-se de seguida por água fria, escorrem-se, enxugam-se com um pano e guardam-se no congelador dentro de sacos de plástico. Podem-se também congelar já transformadas em puré, temperado com açúcar ou sal.

Como apanhar e guardar as castanhas
Quando se vai apanhar castanhas não se deve varejá-las, pois as únicas que com certeza estão bem maduras são as que já se encontram caídas no chão. E se estas estiverem molhadas, é preciso ter o cuidado de as secar bem antes de as guardar, caso contrário apodrecerão rapidamente.

Receitas

Castanhas em Calda
Ingredientes
1 chávena de açúcar amarelo
1 1/2 chávena de água
1 colher de sopa de extracto de baunilha
2 colheres de sopa de vinho do Porto
500g de castanhas (previamente cozidas e descascadas)
Preparação
Preparar a calda colocando o açúcar, a água e a baunilha ao lume até espessar.
Acrescentar o vinho do Porto e deixar mais uns minutos ao lume.
Num frasco colocar as castanhas cozidas e verter sobre elas a calda.
Deixar à temperatura ambiente cerca de 6 horas.
Guardar no frigorífico pelo menos 12 horas até servir.

Gelado com Castanhas em Calda
Servir o gelado:
Numa tigela colocar 5 ou 6 castanhas em calda.
Cobrir com duas bolas de gelado de nata ou baunilha.
Salpicar com castanhas partidas em pedaços e um pouco de calda.

Doce de Castanhas
Ingredientes
500g de castanhas
sal q.b.
500 g de açúcar amarelo
essência de baunilha
Preparação
Descascar as castanhas, cozer bem em água com uma pitada de sal e desfazer em puré.
Levar o açúcar ao lume brando com um pouco de água e ir mexendo até obter ponto de pasta.
Retirar do lume e ir juntando aos poucos o puré e a essência de baunilha.
Levar novamente a lume brando até levantar fervura.
Distribuir por frascos limpos e bem secos, que se fecham quando o doce arrefecer.

Pudim do Magusto
Ingredientes
1 kg de castanhas descascadas
100g de açúcar amarelo
100g de manteiga
5 ovos (à temperatura ambiente)
Preparação
Ferver as castanhas em água com um pouco de açúcar até cozerem bem.
Desfazer até ficar em puré, juntando a manteiga e o açúcar.
Levar ao lume mexendo sempre. Assim que começar a secar adicionar as gemas e logo a seguir envolver as claras em castelo.
Deitar numa forma previamente untada com manteiga e levar a cozer em banho-maria cerca de duas horas.

Sopa de S. Martinho
Ingredientes
1kg de batatas
2 nabos médios
4 cebolas grandes
água q.b.
sal q.b.
azeite q.b.
300g de castanhas
1 pacote de natas
erva-doce para decorar
Preparação
Cozer as batatas, o nabo e as cebolas (descascados e cortados aos pedaços) em água e sal.
Triturar tudo até ficar em puré, temperar com azeite a gosto e mexer.
Fazer um golpe nas castanhas, levar a cozer, pelar e cortar aos cubinhos.
Juntar as castanhas ao puré e deixar levantar fervura.
Servir directamente em pratos de sopa, decorando cada dose com uma colher de sopa de natas batidas e erva-doce."

In Revista Blue Living - Novembro 2006

8 comentários:

Leonor de Sousa Bastos disse...

Olá!!

Eu adoro castanhas!...assadas, estufadas, cozidas, fritas... em puré, em doces...!!!
Gostei das dicas para as apanhar, para descascar e para congelar!...e da receita, é claro!

Beijinho!

Maria Lua disse...

Obrigado Leonor, pela visita e palavras.
Também adoro castanhas em qualquer forma ou estado!
E parabéns pelo teu belíssimo blogue!
:-)

Moura Aveirense disse...

Bem!! Vou guardar estas receitas, sou viciada em castanhas. Aliás, quando vejo castanhas assadas na rua, exclamo sempre "CASTANHAS!!!" ;)

Uma boa noite, Moura Aveirense

Maria Lua disse...

Obrigada Moura.
Acho que qualquer português fica nostálgico com a magia do cheirinho a castanhas assadas... é um sentimento muito forte, de tradições, que nos evoca as nossas origens.
Uma boa noite e um bom S. Martinho para ti também.
:-)

grtrudes fernandes disse...

tambem adoro castanhas,mas quero aqui falar de uma tradição da minha terra,na altura da quaresma,a sopa de castanha pilada,é feita com feijão branco castanhas cebola azeite açucar amarelo,coentros e uma boneca de canela e erva doce,finalmente sopa de pão ou arroz

Maria Lua disse...

Olá Gertrudes,

obrigado pela visita e receita. Fiquei com muita curiosidade em experimentar esse sopa de castanhas piladas! São tão boas (e doces) as nossa tradições, não são?
Boa semana.
:-)

A Paixão da Isa disse...

obrigada pela tua dica vai ser mesmo muito boa para mim pois tenho muitas este ano obrigada bjs

Maria Lua disse...

Olá Paixão da Isa,

fico feliz por ter ajudado na conservação de tantas castanhas/delícias que tens este ano!
Obrigado pela visita e bom feriado.